Quase metade do café brasileiro sai de Minas, mas clima enfraquece produção…

Minas Gerais continua sendo o estado que mais produz café no Brasil e, nesta semana, encerrou a safra 2021 com a colheita de 21,5 milhões de sacas. Isso é 46% de todo o café do país. Mas em relação ao ano passado, reduziu 38%. As informações são da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa).

De acordo com a Seapa, nesta safra o café foi cultivado em pelo menos 451 cidades mineiras e ocupou uma área de 1,3 milhão de hectares. Em todo o Brasil, foram cultivados 1,81 milhão de hectares de cafezais, com variedades arábicas, em regiões de maior altitude, como Minas e São Paulo, e variedades do tipo conillon, em terras de menor altitude, como Espírito Santo, Bahia e Rondônia.

Clima provoca queda na produção

Em Minas, a queda na produção foi provocada por estiagens, que atingiram a região a partir de setembro do ano passado, época mais importante para o florescimento dos cafezais, e ainda, por geadas que atingiram as principais áreas produtivas nos meses de julho e agosto deste ano. O clima também atingiu a produção de cafés de variedades arábicas, principalmente no cerrado. Após as geadas, a Seapa elaborou uma força-tarefa de apoio aos produtores e forneceu laudos gratuitos para os pequenos agricultores.

– Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2021/11/11/quase-metade-do-cafe-brasileiro-sai-de-minas-mas-clima-afetou-producao.htm?cmpid=copiaecola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − dois =